terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Dolce Vita...

Derrepente como um ataque daqueles estéricos percebo que a vida deve ser levada assim...estericamente. Afinal o que é uma época de exames? O que é uma desilusão? O que é o cansaço? O que é a falta de dinheiro?O que é a falta de motivação?O que é tudo comparado com a vida?
A vida é tudo, é um sorriso, é uma musica, é o amor próprio, é amizade, é uma paisagem, é um passaro a voar, é um árvore a brotar, é uma flor a nascer, é os meus campos alentejanos floridos em pleno Inverno, vida são as minhas colegas de quarto, vida são as conversas antes de deitar, é o sol a bater na minha cara, é um poema bonito, é uma lágrima de alegria, é a onda que rebenta, vida são os jantares da nossa casa, vida é o jantar naquele restaurante, é subir o gerês a cavalo, é abrir o coração, é admirar o mundo, é ser M de fémme...
Acredito em tudo aquilo que escrevi e mais sinto-me todos os dias, e cada vez mais, uma pessoa super-mega-abençoada pela vida que tenho, pelas pessoas que convivem comigo todos os dias, por todos os dias evoluir cada vez mais.
Nós somos capazes, nascemos capazes, nascemos para a vida e a Dolce Vita foi feita para nós!

Have fun,
M

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Eleições

Ontem foi o grande dia das eleições presidenciais, e para meu espanto (ou não!) a abstenção bateu recordes, 53.3%, metade do país não votou. Pergunto-me porquê? Pois bem, acredito que muito se deva à falta de civismo que as pessoas deste pequeno país teimam em manter, porque a melhor forma de reclamar do sistema governamental é exactamente não votar, ignorar a situação que se vive e depois reclamar como se fizessem todos os possíveis para que o país recupere. Muitas discussões acerca desta temática já ouvi e há sempre muitas opiniões a considerar, mas sem duvida a melhor opção é votar em branco, mas votar SEMPRE!
Depois temos aquelas situações que vejo até em minha (nossa) "casa", há pessoas deslocadas que não conseguem exercer o seu direito de voto e para o fazerem têm de pagar e tratar de burocracia "chata" e completamente desnecessária se o sistema informático funciona-se na perfeição. Lá está o sistema informático, fez com que muito boa gente não pudesse votar, mudaram o numero de eleitor e as pessoas que advinhem, e uma cartinha a avisar? não? há mas quando se têm uma divida de 1€ às finanças toca de enviar recado.
Até com umas "simples" eleições dá para perceber que o nosso Portugal precisa de uma mudança urgente, e por isso espero continuar a querer ser incansável na busca desta mudança.

Have fun,
M

sábado, 22 de janeiro de 2011

O meu primeiro post...

Há dias que ando para escrever o meu primeiro post M de fémme! A verdade é que ando mesmo pouco inspirada...
Estou (ou estamos) numa fase daquelas complicadinhas, em que há vontade de fazer tudo e não fazer nada, em que me sinto tão grata pela vida que tenho, mas ao mesmo quero mais e mais, preciso de mais, muito mais! Vejo os dias a passarem a correr e sinto-me estagnada, como se estivesse a assistir a uma novela, onde acontece de tudo e não perco um episódio, mas o meu papel não tem qualquer acção.
Acção... acho que é disso que preciso (ou precisamos)! Faz-me falta ter aquela adrenalina de não saber o que vai acontecer amanhã, de sair de casa sem saber para onde vou... O inesperado, por vezes, consegue ser tão desejado como se já estivessemos à sua espera... Bom, isto se calhar já são reflexões de "aniversário à espreita&época de exames à porta"!

Love,

JL

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Mexericos

Como belas M's que somos adoramos saber de tudo, tudo, tudo... Iniciámos então umas sondagens/perguntas, para sabermos melhor o que mais se gosta de fazer por aqui.

Have fun, M

The outside world

A nossa vista
É comum dizer-se que "quando se fecha uma porta, Deus abre uma janela"; a janela é como um ícone de liberdade, de fantasia e de luz, e é esta mesma luz que adoramos receber. Todas as manhãs acordamos com a janela aberta, como se fosse um ritual, como se os primeiros raios de sol nos chamassem para a vida, e de facto é assim, acordamos felizes e contentes, com planos enormes para o dia e muitas vezes para a nossa vida, resumindo acordamos muito inspiradas e com vontade de inspirar, por isso nós e as nossas queridas M's ( sim vamos ter colaboradoras) vamos tratar de diversos temas, dos futeis aos mais intelectuais, dos básicos aos mais controversos, dos mais tristes aos mais felizes, dos mais irritantes aos mais pacíficos,...
Queremos dinamizar, reagir à vida enfadonha que por vezes a rotina diária nos trás, dar a conhecer formas de mudar um pouco o dia a dia das pessoas da chamada classe média a média baixa, não pretendemos apenas mostrar aquilo que gostavamos de ter ou de ser, mas também adpatar à nossa realidade (Estudantes Bolseiras), porque "tudo vale a pena se a alma não é pequena".

See you soon
M

P.S.: A H&M lançou hoje a última baixa de Saldos! :)

L'Inizio...


 Manhã de Inverno pela Av. da Liberdade, o LA CAFFÉ e nós! Sozinhas e encantadas com o espaço,  lá fizemos o nosso pedido e a conversa fluiu... Os scones acompanhados de compotas e um belo capuccino fizeram-nos sonhar. Aqui está o que fazemos sempre, sonhamos e desejámos algo possível: o M de fémme.
Ocorreu um erro neste dispositivo