quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Caixa de Pandora

Existem aquelas pessoas que nos aparecem à frente e topamos logo a sua personalidade, outras como a minha R que nos surpreendem a cada momento de convívio. No início não dava nada por ela, no início cheguei a julgar o seu comportamento permissivo (I was bad), depois acabei por me encantar, a sua simplicidade quase inocente conquistou-me e quase todos os dias eram uma surpresa. Começamos a fazer os trabalhos da faculdade juntas, a sair juntas, a viajar juntas, a partilhar juntas... agora que a faculdade acabou, ela já arranjou emprego na nossa área, o que hoje em dia é tão complicado, mas para ela, é como um processo natural; admiro-lhe o jeito natural de agir, a facilidade na decisão, a destreza na procura e o altruísmo de partir sem olhar para trás. Para mim ela é como uma Caixa de Pandora, que só se conhece o conteúdo quando se abre, e mesmo ao conhecer temos uma grande probabilidade de nos surpreendermos.
Estou super feliz, a minha R é um dos meus grandes exemplos, uma das minhas maiores inspirações, sem dúvida uma grande mulher... A mais perfeita Caixa de Pandora.

Have fun,
M

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo