quinta-feira, 2 de maio de 2013

A gravidez e os cremes

Photo by Michelangelo di Battista  #Womens #Maternity
Cremes e creminhos são  coisa indispensável para a pele em qualquer altura, então agora imaginem num estágio de "esticanço" como o da gravidez. O problema como em qualquer altura é que o mercado está recheado de fórmulas milagrosas contra todas as maleitas e uma pessoa chega ao super mercado/ farmácia para comprar um creme e fica confusa. No início experimentei o creme gordo anti-estrías da Vasenol, não gostei; achei-o muito grosso e muito difícil de espalhar, o que não pode acontecer quando uma pessoa está a pressa para se vestir e ir trabalhar. 
Depois foi a vez de atacar as amostras de cremes, o creme gordo com óleo de amêndoas doces da Barral é uma jóia, mas tem um cheiro não muito agradável, ainda ataquei o creme Anti-estrías D'Aveia (gosto muito dos produtos D'Aveia) e até gostei, mas não me decidi por eles.
Outro ponto que conta é a sabedoria das pessoas que passaram pelo mesmo e nem um sinal de esticanço apresentam, a minha mãe é um belíssimo exemplo e uma das minhas colegas de trabalho que foi mamã recentemente. 
Os eleitos foram o clássico Óleo de Amêndoas Doces para "besuntar" em quantidade nojenta durante a noite, custa mais a secar, mas é perfeito para a pele ficar bem hidratada e não pesa no orçamento, os pijamas é que vão para o lixo assim que tudo terminar, tadinha de mim vou ter que renovar o armário :P, este conselho foi-me sabiamente passado pela mamã.
Durante o dia a coisa muda de figura, convém ter um creme que seque relativamente depressa e que faça o efeito desejado na perfeição, o Velastisa da ISDIN foi-me passado pela minha cara R., a mamã com a pança maravilha. Este menino tem um composto para evitar as estrias, deve ser colocado de manhã e à noite, mas pronto eu aldrabo um bocadinho, até para o fazer durar um pouco mais; de qualquer forma coloco-o na barriga, seios, coxas e na barriga das pernas, sendo estas as zonas mais afectadas. O creme tem um custo variado consoante o sítio onde for comprado, encontrei a 27€ na parafarmácia do Jumbo, mas também o vi a 38€ numa farmácia, portanto atenção. 

Com tanta hidratação oleosa, sinto às vezes necessidade de renovar a pele, parece que por mais banhos que uma pessoa tome o excesso de óleo acumulado não sai. A melhor solução é exfoliar a pele, mas atenção aos exfoliantes, alguns agridem demasiado a pele e acabamos por estragar toda a hidratação feita anteriormente. Testei o exfoliante de Manga da Body Shop e adorei, retira aquele óleo em excesso, mas no entanto, não deixa a pele seca, antes pelo contrário, fica super macia como se tivesse passado uma película suave de creme, recomendo vivamente. 
Click for enlarged view
Agora é esperar para ver o que acontece nos restantes 3 meses e continuar a saga dos cremes e creminhos.

Have fun,
M




Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo