quarta-feira, 9 de abril de 2014

Vamos mexer o corpitxo?

Neste final/inicio de ano não fiz qualquer lista de concretizações, sonhos, etc...
Não faz qualquer sentido para uma pessoa a quem a vida teima em trocar as voltas, os planos fazem-se e desconjuntam-se como quem dá machadadas ao longo do caminho. Com isto não quero dizer que não devemos fazer planos, só que neste momento eles (os sonhos) existem num futuro mais longo, pelo menos para mim.
Portanto vamos lá fazer o que é necessário ser feito à muito tempo, hoje e em todos os dias ao longo das nossas vida, tratar de nós, fazermos por nos sentirmos vivas, conhecer, trabalhar o corpo e a mente, olhar para nós com todas as potencialidades, enfeitar-mo-nos se isso nos der maior força, olhar para o centro de todas as testas mas jamais em tempo algum ver o que a outra pessoa tem "calçado", se é que me entendem.
Depois de ser mãe e de ter começado a trabalhar o tempo ficou claramente mais escasso, roupa a acumular, mimos para dar (ao pai e à filha), ler só no autocarro, escrever acabou por ficar de parte e esta chuva que não me faz sorrir.
 Mais uma vez vem a promessa de fazer com que o meu corpo se mexa para além do óbvio e rotineiro, preciso de ar puro, de refrescar o corpo e a mente, preciso de tratar as lordoses acentuadas, preciso de me sentir com os 25 anos que ainda tenho e não com os 40, que o facto de carregar uma filha e todas as suas exigências me faz sentir.
Na realidade preciso de me sentir, então "bora lá"!
Not if you do pilates the way we do pilates! Hardcore pilates at pilates absession rvc ny and pilates physique woodmere, ny.

Have fun,
M

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo