quinta-feira, 15 de março de 2012

Greves, greves e mais greves

Assim daquelas coisas que me irritam mesmo a sério são as greves, greves por isto e por aquilo, greve porque sim e também porque não, greve porque deu e greve porque não, greve porque me apetece trabalhar e greve porque sabe bem um dia de folga, a palavra de ordem é greve. Não bastam os dias de greve geral, greve dos transportes ou greve porque sim, também inventaram as paralisações durante uma semana sabe-se lá porque, e avistam-se autocarros a passarem milionésimas vezes com a bonita mensagem RESERVADO. E nós? E nós pessoas normais que querem trabalhar e que já pagaram os passes? Como é que fazemos? Pois, era mesmo bem merecido que a população citadina se converte-se às bonitas bicicletas ( não fossem os altos e baixos desta cidade maravilhosa) e eu queria ver se faziam tantas greves, pelo menos no que toca ao serviço de transportes. E o metro que agora dá para parar do nada?
 Ontem foi 1h de atraso no trabalho, mas pelos vistos, foi porque alguém resolveu atirar-se à linha do metro, ultimamente parece ser o prato do dia, as pessoas andam meio desesperadas. Animo minha gente. Please.
Have fun,
M

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo